A Auditoria externa apresenta ao Conselho Fiscal da FADECIT o relatório contábil do exercício de 2019.

16 de março de 2020

O Conselho Fiscal busca através dos princípios da Governança Corporativa de transparência, equidade e prestação de contas, contribuir para o melhor desempenho da FADECIT.

E foi a partir desta premissa que o Conselho de Fiscalização da Instituição, reunido em assembleia ordinária, recebeu nesta segunda-feira, 16, a auditoria externa.

A FADECIT na sua atual gestão, tem havido especial preocupação com a qualidade dos sistemas de controles, o cumprimento das políticas corporativas, o mapeamento de riscos, a atenção às contas e, sobretudo, o acompanhamento dos relatórios produzidos pela Auditoria externa.

As contas da FADECIT são auditadas pela “Soltz Mattoso & Mendes Auditores Independentes”.

“Confiar é bom” e espera-se que entre as pessoas isto de fato ocorra. Mas, apenas confiança não é o suficiente. A FADECIT propõe uma governança transparente e ética. Na linguagem empresarial, o anglicismo da expressão “stakeholders” dá o tom do que busca a FADECIT: que haja confiança de que a organização preza por princípios de equidade, transparência e ética. Mas, melhor do que isso é stakeholders que nossos parceiros tenham a certeza de que existe um controle rigoroso dos atos da Fundação.

Na reunião celebrada nesta data, a Auditoria independente expôs aos membros do Conselho e a Presidente da FADECIT, que também assistiu à reunião, as Demonstrações Contábeis do passado exercício, e esclareceu as notas que acompanham os dados, tudo em conformidade com as normas da ITG 2002.

Ao cabo, foi apresentado o Parecer do Conselho Fiscal acerca das Contas. O documento será encaminhado ao Conselho Curador que proximamente se reunirá para aprovar as contas do passado exercício.

Ao final da reunião a presidente da FADECIT, Jacqueline Ávila Ribeiro, apresentou o relatório de gestão do exercício passado. Segundo a presidente da FADECIT a expectativa para este ano é de manter os serviços com excelência mantendo o desenvolvimento da Instituição. A Presidente reconhece os percalços existentes e disse que espera “continuar trabalhando com afinco, focalizando no crescimento com segurança e solidez”.