Carta ao Professor

15 de outubro de 2019

15 de outubro é celebrado como o dia do Professor. A FADECIT foi criada por um insigne personagem – que se orgulhava de ser chamado pelo título de Professor. Nossa atual Presidente e nosso Vice-presidente são professores. Em nossos Conselhos Orgânicos (Curador, Diretor e Fiscal) estão presentes inúmeros professores e professoras que reafirmam nossa vocação fundacional, presente em nosso Estatuto: apoiar o desenvolvimento da Educação e o que isso significa, ou seja, reconhecer o corpo docente como indispensáveis para a existência de uma formação humana e acadêmicas capazes de formar jovens dinâmicos e críticos.

Para fazer esta justa homenagem, convidamos o jovem estudante Moisses Lucas Dias da Silva, nosso “aprendiz” aqui na FADECIT, a  escrever uma carta aos nossos professores. Esperamos que suas palavras emocionem e levem-nos a refletir sobre a situação da educação em nosso país.

 

Belo Horizonte, 15 de outubro de 2019.

 

CARTA AO PROFESSOR

Queridos Professores (as)

Gostaria de homenageá-los nesta data especial: o dia dos Professores. Ser Professor é uma  profissão que exige maestria. O Professor forma todas as outras  profissões.  Sem vocês seria impossível a existência de qualquer outro profissional, pois, todos os cidadãos que exercem grandes cargos na sociedade, um dia necessitaram da  ajuda de vocês para aprender a ler, escrever, resolver operações matemáticas, entre muitos outros ensinamentos.

Vocês têm em suas mãos a maior responsabilidade de todas:  formar  profissionais competentes que ajudam a construir uma sociedade melhor.  São eles,  juízes, desembargadores, médicos, advogados, engenheiros… Estes profissionais – que chegaram aonde estão, graças a vocês,   são valorizados pela sociedade e bem pagos pelos seus empregadores, diferente dos nossos professores, que não são tão lembrados como deviam e não muito  recompensados como merecem.

Mas, mesmo com toda essas adversidades, vocês não se deixam abalar: são competentes, estão sempre dispostos a ensinar e compartilhar experiências e conhecimentos.

Peço desculpa em nome de todos os estudantes, porque às vezes,  não reconhecemos o seu devido valor.  Agradecemos a todos vocês, por serem esses profissionais exemplares, verdadeiros heróis.

 E espero que um dia o mundo todo reconheça e recompense a sua dedicação e esse árduo e sagrado trabalho que vocês desempenham.

Abraços.

Moisses Lucas Dias da Silva, 3º ano do Ensino Médio. Jovem do Projeto Aprendiz Legal (Assprom). Ele trabalha na FADECIT e atualmente está no setor do RH, ajudando em questões administrativas. É estudante na escola estadual Leonina Monthe Araújo. Pretende fazer um curso em algo relacionado a Exatas.