PRESIDENTE DA FADECIT VIAJA À BRASÍLIA PARA ENCONTRO COM MINISTRO DO TURISMO.

5 de abril de 2019

Jacqueline Ávila Ribeiro, Presidente da Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais- FADECIT teve uma agenda extensa de reuniões na tarde desta quinta-feira, 04 de abril.

A Presidente reuniu-se com o Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), na sede do Ministério, para apresentar a FADECIT e tratar de assuntos relevantes para a Fundação.

A Presidente explicou ao Ministro que a FADECIT foi criada pelo Professor Aluísio Pimenta, com a missão precípua de apoiar Institucionalmente a Universidade do Estado de Minas Gerais-UEMG, nos projetos de Pesquisa e Extensão. E que ao longo dos seus mais de vinte anos, a Fundação firmou-se no cenário mineiro como importante polo de apoio acadêmico, desenvolvendo, ainda, reconhecida excelência em gestão de projetos.

O objetivo principal da viagem foi apresentar ao Ministro a capacidade da FADECIT em gerir ações que fortaleça o turismo em Minas Gerais e ajudando na qualificação profissional dos gestores públicos ligados a área.

Jacqueline Ávila apresentou propostas fomentando o turismo religioso e afirmou que deve ser aproveitado o evidente potencial do Estado das Alterosas, rico em patrimônio colonial e barroco, com fortes manifestações religiosas e que abrangem diferentes credos, desde as seculares procissões das cidades históricas até os modernos eventos gospels.

O Ministro Marcelo Álvaro ofereceu a FADECIT a oportunidade de desenvolver e alargar  projetos voltados à valorização do território mineiro, aproveitando a riqueza das diversas regiões que formam o Estado.

O planejamos das atividades turísticas como políticas públicas ainda é muito incipiente. A viagem da Presidente da FADECIT à Brasília e seu encontro com o Ministro do Turismo é a oportunidade que a Fundação buscava para mostrar seu portfólio e sua capacidade em gerir projetos voltados ao setor e que busquem organizar condições favoráveis que alcancem sustentabilidade econômica, sociocultural e ambiental.