FADECIT PARTICIPA DO LANÇAMENTO DO LIVRO “COR NA VIDA APÓS O CÂNCER DE MAMA.

30 de outubro de 2020
Uma confraria de mulheres vitoriosas na luta contra o câncer de mama se reuniu em emocionante encontro no lançamento do livro “Cor na vida após o câncer de mama”, no dia 17 de outubro, no Grande Hotel Ronaldo Fraga, onde as autoras autografaram os livros em horários determinados para um número limitado de convidados.
A obra faz parte do Projeto Cor, idealizado por Ana Clemente, fundadora e CEO do Instituto Educacional Navegação e idealizadora da 1ª edição do projeto em 2019, com o apoio do Elo Feminino Brasil/EUA e da co-idealizadora Juliana Armond. Em 2020, a 2ª edição têm como co-idealizadoras Renata Vilela, idealizadora do “Projeto Compartilhando Empatia” e fundadora da Prumo Aceleradora Legal, e Kenia Freitas, diretora comercial da Repol.
As vinte histórias pessoais inseridas no livro, incluindo a narrativa de um co-autor sobre trajetória de sua mãe, relatam fatos que surpreendem quanto aos sentimentos de superação, inspiração e motivação, assim como outros conteúdos importantes, que prestam informações relevantes sobre o assunto abordado na obra.
Dentre as atividades programadas, estão previstos diversos eventos focados em conscientizar e mobilizar a sociedade quanto à causa. Parte da renda das vendas dos livros e dos produtos será destinada para a realização da micropigmentação da aréola mamária de mulheres selecionadas em 2020, que realizarão o procedimento em 2021.
A presidente da FADECIT, Jacqueline Ávila, presente no lançamento do livro,disse: “o objetivo da Fundação quando compartilha notícias e promove a conscientização sobre a doença – apoiando iniciativas, como o projeto Cor – e proporcionar esclarecimentos e maior acesso as oportunidades que ajudem a chegar em um diagnóstico rápido da doença e alcançar, se for preciso, um tratamento eficaz. A FADECIT busca com isso contribuir para a redução da mortalidade. Informação e formação também curam.”
A servidora pública estadual e consultora de imagem, Susie Sanguinetti, que também é uma das coautoras do livro “Cor”, considerou: “Foi um grande desafio, mas ao mesmo tempo compensador e gratificante aceitar o convite para participar como escritora desse projeto, com o qual fiquei muito feliz e honrada. Em nosso lançamento oficial tive a oportunidade maravilhosa de encontrar com outras coautoras, assim como de estar com as idealizadoras Ana, Renata, Juliana e Kênia. Tudo organizado por elas com muito esmero e capricho!”
“Fiquei muito tocada com aquele momento no Grande Hotel Ronaldo Fraga. Foi uma delícia poder trocar experiências e estar mais próxima de tantas histórias diferentes, que giram em torno de um mesmo fato. Tenho somente que agradecer a todas, de quem pude me aproximar, com perfis diversos e incríveis. Desejo muito sucesso a esse projeto lindo, que visa o bem do próximo!”, concluiu Susie Sanguinetti.
A advogada Renata Vilela salientou: “O lançamento do livro “Cor” retratou um acontecimento muito especial, no qual ficaram registrados momentos de solidariedade, empatia, generosidade, vitória, emoção e luta. Visto que todas as histórias da autoras ilustram o quanto o câncer de mama necessita ter veiculada a informação de prevenção. Os relatos comprovam que é possível vencer essa doença, a fim de ir ao encontro novamente com a autoestima da mulher, inclusive as que estão em situação de vulnerabilidade social e que passaram por doloroso tratamento.”
“Esse evento significou um grande avanço porque desmistifica o pensamento que o câncer de mama é invencível. Sendo importante também porque proporcionou conhecimentos, além de levar esperança a todas que enfrentam essa mazela, considerado também que é uma dor que afeta todos em seu entorno. O encontro marcou, de forma indelével, a importância de nos unirmos para fazermos a diferença nesse mundo com propósito. Portanto, vamos juntos espalhar “Cor na vida” e fazer a diferença na caminhada uns dos outros.”, concluiu Renata Vilela.
Por Luiza Miranda
Escritora e colunista
e Assessoria de Comunicação da FADECIT.